München: sério que o Ralf Schumacher ganhou?

Ralf Schumacher venceu no DTM. Isso mesmo. Pode parecer improvável, mas no duelo de equipes da etapa de Munique, neste sábado (14), o Schumi mais novo foi o parceiro de Jamie Green, vice-líder da temporada. Está explicado, ele não andou sozinho, contou com a ajuda de um piloto de ponta na categoria.
Na final, um duelo Mercedes-Audi, Schumacher e Green ganharam de Timo Scheider e Adrien Tambay, por apenas 0s2. Uma diferença pequena. “Foi um dia perfeito para mim. Eu poderia me acostumar a isso”, disse Schumacher.
A briga pelo terceiro lugar ficou entre Gary Paffett e Christian Vietoris, da Mercedes, e os novatos Dirk Werner e Joey Hand, da BMW. Esta etapa não contou pontos para o campeonato, mas Paffett manteve o ótimo retrospecto de 2012, mais uma vez entre os três primeiros – sua pior marca neste ano foi o quarto lugar na etapa de Norisring.
O brasileiro Augusto Farfus se classificou para a disputa da competição entre as montadoras, mas ficou pelo caminho nas quartas de final. O piloto competiu junto a Bruno Spengler.
Neste domingo tem a competição individual. Será um grande mata-mata, compreendendo todos os 22 pilotos da categoria. Dez vão entrar na briga já nas oitavas de final, o líder do campeonato mais os três melhores de cada montadora. Os demais se digladiarão desde o começo, na rodada de 22.
Anúncios

Comente este post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s