Uma categoria americana, mas nem tanto

LENINGRADO, 8h15 – 25 pilotos estarão no grid de largada neste fim de semana na abertura da temporada 2013 da Indy, representando 12 nacionalidades diferentes. É uma das categorias mais internacionais do planeta. Mais até que a F1, que, no GP da Austrália, teve dez países representados.

Naturalmente, como a categoria é baseada nos Estados Unidos, a maioria dos pilotos é de lá. Mas não é uma maioria tão grande assim. Pouco mais de um quinto dos pilotos, apenas, é estadunidense. Brasil, França e Inglaterra vem na sequência, com três pilotos cada. Um panorama bem diferente da Nascar, a categoria mais popular destas bandas, que é até um pouco xenófoba, possui uma certa restrição a pilotos estrangeiros. Nem a equipe da Red Bull durou muito tempo.

Segue a lista dos países que estarão representados aqui em São Petersburgo neste fim de semana:

Estados Unidos – 7: Ryan Hunter-Reay, JR Hildebrand, Marco Andretti, Graham Rahal, Josef Newgarden, Ed Carpenter e Charlie Kimball
Brasil – 3: Helio Castroneves, Tony Kanaan e Bia Figueiredo
França – 3: Simon Pagenaud, Sébastien Bourdais e Tristan Vautier
Grã-Bretanha – 3: Dario Franchitti, Justin Wilson e James Jakes
Canadá – 2: James Hinchcliffe e Alex Tagliani
Austrália – 1:
Will Power
Colômbia – 1: Sebastián Saavedra
Espanha – 1: Oriol Serviá
Japão – 1: Takuma Sato
Nova Zelândia – 1: Scott Dixon
Suíça – 1:
Simona de Silvestro
Venezuela – 1: EJ Viso

Anúncios

Comente este post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s