Um dia para guardar na memória

SÃO PAULO, 10h01 – 21 de abril de 2013: esse é um dia que vai demorar para ser esquecido. Takuma Sato venceu pela primeira vez em uma categoria top do automobilismo. Um japonês ganhou uma corrida da Indy. Passamos tanto tempo vendo e torcendo por alguns bons pilotos vindos de lá, como o próprio Sato e Kamui Kobayashi, e a tão esperada vitória chegou.

Sato sempre foi meio atrapalhado, fazia lá suas bobagens, como tantos outros japoneses que passaram pela F1 e pela Indy, mas sempre mostrou ser rápido. Na F1, chegou a subir ao pódio, o mesmo na Indy. Nos EUA, porém, causou enorme decepção em todos quando chegou perto, bem perto de ganhar as 500 Milhas de Indianápolis, mas mandou tudo por água abaixo com uma manobra precipitada na última volta que o levou ao muro.

Só que a verdade é que, em 2013, com a Foyt, Sato está andando bem. Está sendo bem rápido nos treinos e, ontem, mostrou que terá um bom rendimento em algumas corridas. Ele teve problemas em St. Pete e em Barber. Ontem, foi perfeito. Perfeito até demais. E não, não penso que ele vai disputar o título, mas acredito que ele continuará na briga por pódios e, quem sabe, até mesmo por outra vitória nesta temporada. Por que não sonhar?

Anúncios

Comente este post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s