A F1 NÃO PRECISA DE PONTUAÇÃO DOBRADA

2013-f1-17-abudhabi-vettel-redbullgepa

Se existisse pontuação dobrada em 2013, Vettel seria campeão no GP de Abu Dhabi, uma prova após o GP da Índia (Foto: Red Bull/Getty)

SÃO PAULO | A FIA causou na tarde desta segunda-feira ao aprovar a numeração fixa dos pilotos a partir de 2014, liberar os testes no Bahrein e, o mais importante, revelar que a última corrida da F1 terá pontuação dobrada. Sim, o GP de Abu Dhabi do ano que vem valerá 50 pontos, o equivalente a duas provas. Uma medida que tem como objetivo facilitar que mais pilotos cheguem à decisão podendo ficar com o título e que deve obrigar os pilotos tiverem chances a terminar a corrida nas primeiras posições.

Desnecessário. Desde já, estou torcendo para que o campeão consiga abrir 51 pontos de vantagem no GP do Brasil e deixe a FIA com cara de bunda.

Esse anúncio foi bastante surpreendente, já que ninguém comentou sobre essa proposta antes do comunicado que a federação colocou em seu site há algumas horas. E a repercussão, no geral, tem sido mais negativa do que positiva, pelo o que pude observar por aí.

A F1 sempre se destacou por se colocar acima de tudo e todos, e é o que é justamente porque segue um padrão rígido e bem estruturado que faz dela a elite do esporte. O crème de la crème. A cereja do bolo. O sonho de consumo de quem gosta de automobilismo, não importa qual a área de atuação.

Isso tem seus pontos positivos e negativos. Por um lado, a categoria cria em torno de si algumas limitações bestas, restrições que existem justo porque ela se acha melhor que tudo e todos. E ela é melhor. Por outro, é essa postura que fez a categoria deixar de ser um simples campeonato para se tornar um campeonato de altíssimo nível que movimenta milhões de dinheiros do mundo todo, que a permite a comparação de cada um dos seus eventos com a Copa do Mundo da Fifa. “Uma Copa do Mundo a cada 15 dias”, muitos dizem.

É por uma razão desportiva que sou contra: é um dos princípios de um campeonato de automobilismo que todas as provas tenham o mesmo valor. O GP de Abu Dhabi não deve ser premiado de maneira diferente do GP da Austrália ou do Canadá simplesmente porque é o último do campeonato. Para vencer o GP de Abu Dhabi, não se emprega uma força de trabalho diferente do GP de Mônaco ou do GP da Bélgica. Não é como ocorre com as 24 Horas de Le Mans no Mundial de Endurance, cuja duração é quatro vezes maior que a das outras etapas.

O GP de Abu Dhabi continuará tendo aproximadamente 300 km e um limite máximo de duas horas. Não terá uma programação diferente. Das artificialidades todas que foram criadas nos últimos tempos, essa é pior até mesmo que o DRS, por não seguir um padrão.

Comercialmente, a F1 não precisa de uma medida como essas para se promover. É diferente do que acontece com a Stock Car. Essa sim precisa procurar criar o maior número possível de atrativos para conseguir bons índices de audiência. Conseguiu fazer com que sete pilotos tivessem chances matemáticas de título na última prova de 2013, e a última corrida do ano passado foi um baita evento. Legal. Mas cada categoria precisa saber seu lugar no mercado.

Helmut Marko ainda disse ao Bild que a proposta era dobrar a pontuação das últimas quatro provas. É ridículo. Criem um playoff logo então (não me levem a sério aqui, por favor).

Prefiro que adotem essas medidas sugeridas pela Lotus:

2014-f1-regrasEm 2009, quando a FIA anunciou que o campeão seria o piloto que vencesse mais corridas, a repercussão foi tão negativa que voltaram atrás antes do GP da Austrália. Tomara que o mesmo aconteça (e temos mais tempo para que isso aconteça).

Anúncios

Um comentário sobre “A F1 NÃO PRECISA DE PONTUAÇÃO DOBRADA

  1. Se é para ser deste jeito porque não adotam a seguinte formula para a ultima corrida:

    Pontos_da_Vitoria = Pontos_do_líder – Pontos_do_segundo + 1

    Ai acabariam as chances do campeonato ser decidido antecipadamente….

    Resposta

Comente este post

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s